Artigos | Angel Dogs Treinamento Canino

Cães com medo de fogos de artifício

Olá pessoal.

O final do ano está chegando e o que mais me dói é o pavor que os nossos peludos sentem por causa dos fogos de artifício, nos sentimos impotentes, pois nosso desejo é evitar que eles sofram.

Com isso precisamos traçar planos para diminuir seu estresse, confesso que eu tenho horror a fogos, imaginem eles com sua audição super apurada.

O ideal é trabalharmos com meses de antecedência. Não da pra resolver problemas comportamentais em cima da hora.  Fazendo uma analogia com os humanos, será que dá pra tratar uma pessoa que tenha fobia de alguma coisa em uma semana? Com certeza não.

Quanto antes começarmos melhor. Segue algumas dicas para ajudá-los:

– Não deixe seu cão sozinho em casa, principalmente quando você sabe que ele tem medo de fogos.

– Faça simulações com CDs sem medo de fogos de artifício(podem ser encontrados em lojas virtuais) para dessensibilizar.  O ideal é fazer associação com algo que o seu cão goste como petisco ou brinquedos. Vá aumentando o volume gradativamente até que ele se acostume com o barulho.

– Não o pegue no colo ou faça carinho, pois não queremos reforçar o comportamento de desespero do seu cão, queremos que ele aprenda a administrar seus medos. Podemos colocá-lo ao nosso lado para lhe transmitir segurança e calma através da nossa postura.

– Coloque uma coleira com plaquinha de identificação. Caso exista uma fuga aumentam as chances de ser encontrado.

– Faça uma caminhada vigorosa algumas horas antes da queima de fogos, quando estão mais cansados relaxam com mais facilidade.

– Feche as janelas de sua casa para abafar o som, ligue a televisão ou o rádio (pode ser musica clássica, sempre acho que os cães tem excelente gosto musical).

– Você pode acostuma-lo a usar uma casinha ou caixa de transporte como se fosse uma toca. Se o seu peludo eleger um cantinho deixo-o lá (alguns ficam debaixo da cama), é sinal que ele se sente mais seguro neste local.

– A camisa calmante Thundershirt é um bom auxiliador, pois da à sensação de segurança ao cão (não é qualquer camisa). Lembrando que ela não tem efeito imediato é gradativo.

– O D.A.P (dog appeasing pheromone) também ajuda a diminuir a ansiedade e a insegurança dos nossos peludos. Foi desenvolvido por veterinários e é um produto sintético que imita as propriedades dos feromônios naturais da fêmea quando está amamentando. São estes feromônios apaziguadores que dão ao filhote a sensação de bem estar e aconchego.

– As medicações fitoterápicas também podem ajudar, como: Palitos prebióticos PalyPet Relax, Calmyn Dog Liquido.

– Temos também a homeopatia, mas consulte com antecedência um veterinário homeopata.

*Recomendamos a Dra Naila Lopes da Animália Clinica Veterinária – Rio de Janeiro, Tel.: (21) 2491-2351

– Para casos muito graves existem medicamentos alopáticos que só podem ser receitados por um veterinário comportamentalista.

*Recomendamos o Dr. João Telhado da Animália Clinica Veterinária – Rio de Janeiro, Tel.: (21) 2491-2351

– Uma ótima opção são as hospedagens mais distantes dos bairros onde se concentram a queima de fogos, os caes costumam ficar mais tranquilos. Elas ainda oferecem brincadeiras com recreadores, passeios em trilhas e pra quem gosta de nadar eles tem piscina. Eles voltam cansados e relaxados (Eu queria ir pra lá, mas só aceitam peludos).

*Recomendamos a hospedagem Thunghats Resort (www.tunghats.com.br/resort/) no Rio de Janeiro.

Peço com todo carinho que tenham paciência com nossos peludos que ficam apavorados e bom final de ano.

Grande abraço
Beatriz Duarte
Treinadora Especializada em Comportamento Canino

 

OBS: Se você ainda tem dúvidas, você pode contar com o nosso auxílio para te orientar através da consultoria em casa. Para maiores informações clique no link consultorias ou entre no Fale conosco.